Oops! This site has expired. If you are the site owner, please renew your premium subscription or contact support.

  Valor Intrínseco

Click here to edit subtitle

Livros sobre Value Investing, Finanças etc.

Nessa seção você encontrará uma seleção de livros sobre value investing já com os links para o site da Amazon. Separei algumas ofertas dos livros mais importantes já com foto e preço. Vários dos livros abaixo são considerados leitura obrigatória. A boa notícia é que se trata de uma leitura obrigatória muito agradável e instrutiva. Não deixe de aproveitar!


"The man who doesn't read good books has no advantage over the man who can't read them" ( Mark Twain )

.

 Clássicos:

 

The Intelligent Investor: The Definitive Book on Value Investing. A Book of Practical Counsel (Revised Edition) (Collins Business Essentials)

Escrito por Benjamin Graham, considerado por muitos o pai a análise de investimentos, o livro é considerado por Warren Buffett como o livro mais importante já escrito sobre value investing! Em inúmeras oportunidades, Buffett  destacou os capítulos 8 (Mr Market) e 20 (Margin of Safety) como especialmente importantes. É um dos grandes clássicos da disciplina.

 

Common Stocks and Uncommon Profits and Other Writings

Talvez a outra grande força no mundo do value investing, Philip Fisher, autor do livro tem uma abordagem bastante diferente da defendida por Ben Graham. Enquanto Graham focou os aspectos quantitativos como a análise do balanço, histórico de lucros, margem de segurança, etc, Fisher deu ênfase na parte qualitativa, especialmente na qualidade da administração da companhia, posicionamento competitivo, nível de inovação, etc. Com o passar dos anos, também influenciado por seu sócio Charlie Munger, Buffett foi se movendo cada vez mais na direção indicada por Philip Fisher.

 

Security Analysis: Sixth Edition, Foreword by Warren Buffett (Security Analysis Prior Editions)

Obra clássica do Benjamin Graham responsável por inaugurar a disciplina do value investing e, possivelmente, a análise de investimentos moderna. O livro é denso e de mais difícil leitura que o Intelligente Investor. Em nossa opinião, é necessário que o leitor já tenha algum contato com a disciplina antes de encarar a “bíblia” da profissão. De todo modo, é um livro excepcional! 

 

Margin of Safety: Risk-Averse Value Investing Strategies for the Thoughtful Investor

Essa obra prima de Seth Klarman, escrita em 1982 e nunca re-editada, já saíu por mais de $ 2.000,00 no eBay. É um livro realmente muito bom! Uma versão moderna da tradição de value investing praticada por Ben Graham e pelo Buffett da primeira metade de sua carreira.

 

Competitive Strategy: Techniques for Analyzing Industries and Competitors

Competitive Advantage: Creating and Sustaining Superior Performance

Os dois clássicos de Michael Porter se tornaram indispensáveis para o investidor moderno. O framework das cinco forças é o ponto de partida de qualquer análise mais fundamentada sobre características da indústria e sua possível evolução ao longo do tempo.  A capacidade de encontrar negócios (a preços atrativos) capazes de gerar retorno sobre o capital empregado acima do custo de capital por anos a fio é, sem dúvida, um dos grandes fatores no sucesso da segunda metade da carreira do Warren Buffett que é o verdadeiro mestre desta arte.

 

Valuation: Measuring and Managing the Value of Companies, 5th Edition

Esse livro da McKinsey é um verdadeiro clássico para se aprender  avaliar empresas usando fluxo de caixa descontado. Muito didático e com uma cobertura de tópicos bastante abrangente, é um livro essencial para quem está começando. Tem um estudo de caso da Heinekken que costuma ser muito útil aos iniciantes dessa arte.


Stocks for the Long Run 5/E: The Definitive Guide to Financial Market Returns & Long-Term Investment Strategies

Esse livro escrito pelo professor de Wharton Jeremy Siegel defende a tese que investir em ações é muito melhor que as alternativas (especialmente bonds) no longo prazo. É um livro informativo, que aborda vários dos grandes momentos da história dos mercados, algumas das principais anomalias, toca na performance dos mercados internacionais, os efeitos da inflação sobre ações e bonds e vários outros tópicos. O autor exagera por vezes em sua defesa da renda variável em todas as circunstancias, algo que só se sustenta realmente quando se considera em prazos de duas ou mais décadas. Ainda assim, o livro é uma ótima leitura.


Poor Charlie's Almanack: The Wit and Wisdom of Charles T. Munger, Expanded Third Edition

Livro com vários discursos (alguns revisados) que  Charlie Munger fez ao longo de sua vida. O livro é ainda recheado de estórias e comentários sobre Munger, feitos por alguns de seus amigos. Ótimo!


The General Theory of Employment, Interest, and Money

Talvez seja uma surpresa para alguns o fato de ter colocado um capítulo do General Theory nesta lista. Mas, o fato é que Keynes, tendo começado operando de forma mais especulativa, se tornou, ao longo dos anos, um value investor de primeira linha. Quem quiser saber mais sobre Keynes como value investor, basta consultar Keynes The Stock Market Investor. O capítulo 12 do General Theory, The State of Long Term Expectation, é um texto muito bom sobre value investing, contendo vários dos principais conceitos da disciplina e passagens mundialmente famosas.


The Art of Short Selling
Escrito por
Kathryn Staley, esse livro acabou se tornando um clássico sobre short selling, leitura obrigatória. Além das estórias sobre vários dos principais short sellers do passado, o livro ilustra, com exemplos reais, os fatores que tornam empresas boas candidadatas a venda à descoberto. O livro também deixa muito claro as dificuldades no processo - hoje podemos ver que um bom número dos short sellers retratados no livro, escrito em 1996, acabaram ficando pelo caminho. Gostei bastante. Acredito que todos os tipos de investidores podem se beneficiar de sua leitura.


Risk Arbitrage
Publicado pela primeira vez em 1982, esse livro é o clássico de Guy Wyser-Pratte sobre merger arbitrage e suas derivações. Muito bom!

Distressed Debt Analysis: Strategies for Speculative Investors
Ótimo guia de Stephen Moyer, ex Drexel Burnham, para aqueles que desejam se aventurar pelos caminhos do distressed debt investing. Acredito que seja o principal texto sobre o assunto. Ótimo!


Biografias:

 

The Snowball: Warren Buffett and the Business of Life

Biografia oficial escrita por Alice Schroeder reconta com detalhes a trajetória do maior investidor de todos os tempos.

 

Benjamin Graham: The Memoirs of the Dean of Wall Street

Talvez ainda pouco conhecida, essa auto-biografia leva o leitor ao nascimento da disciplina do value investing. A passagem sobre a Grande Depressão e seus efeitos sobre Graham é uma grande oportunidade para sentir um pouco do que foi esse evento único, que marcou profundamente toda uma geração. Para se ter uma idéia da dimensão do crash de 1929, na crise de 2008, maior desde a grande depressão, as bolsas americanas caíram algo como 55% do pico. Em 1932, o mercado havia caído cerca de 90% de suas máximas! Para chegar perto do que aconteceu em 1932, é como se a bolsa caísse pela metade da mínima de 2008 e depois caísse pela metade mais uma vez... Confesso que é difícil até imaginar...

 

Damn Right: Behind the Scenes with Berkshire Hathaway Billionaire Charlie Munger

Biografia do Charlie Munger, sócio e vice Chairman da Berkshire Hathaway. Creditado por ter impulsionado Buffett na direção de comprar negócios excepcionais a preços razoáveis ao invés de negócios ruins a preços excepcionais, Munger é possivelmente um dos investidores mais sagazes que já existiram. É uma ótima leitura, especialmente se o leitor for cruzando os fatos e episódios com os relatos das biografias do próprio Buffett.


King Icahn: The Biography of a Renegade Capitalist 2nd Edition
Essa ótima biografia escrita por Mark Stevens cobre extensivamente as principais campanhas do maior ativista dos anos 80, Carl Icahn. Claramente, o autor pesquisou bastante para escrever o livro. Os capítulos sobre Texaco e TWA são muito bons! O livro também dá muitos detalhes da vida pessoal e da personalidade difícil desse polêmico value investor ativista que se tornou um dos homens mais ricos do mundo.

 

Livros sobre fundamentos e fraudes contábeis:

 

Financial Shenanigans: How to Detect Accounting Gimmicks & Fraud in Financial Reports, 3rd Edition

Os autores, Howard Schilit e Jeremy Perler, fizeram um ótimo guia para conhecer e ajudar o investidor a identificar algumas das principais artimanhas contábeis usadas pelas companhias para manipular seus resultados. De leitura agradável, é um livro fundamental, já que as fraudes são, sem dúvida, um dos grandes inimigos que qualquer investidor pode encontrar.

 

Quality of Earnings

Clássico da literatura de contabilidade aplicada à investimentos, foi um dos livros que ajudou a criar o segmento.

 

Outros livros sobre value investing:

 

One Up On Wall Street: How To Use What You Already Know To Make Money In The Market
Beating the Street

Esses dois livros do Peter Lynch com o John Rothchild são uma delícia de se ler. Lynch tem um estilo diferente, altamente diversificado e focado em empresas de alto crescimento em indústrias tradicionais. Seus resultados são fantásticos tendo sido um dos melhores gestores de ações de todos os tempos, com um retorno de 29% ao ano num período de 13 anos que esteve à frente do Magellan, um dos maiores fundos de ações da época.


Value Investing: From Graham to Buffett and Beyond

Belo livro sobre value investing encabeçado por Bruce Greenwald, professor da Universidade de Columbia e autoridade no assunto. O livro tem uma abordagem moderna e diferente do assunto. Os autores fogem do fluxo de caixa descontado, focando na análise de balanço, earnings power e vantagem competitivas, numa tentativa de criar uma nova abordagem focada nas contas do balanço, assumidamente inspirados pelo mestre Ben Graham. É um ótimo livro de se ler -  em minha opinião, os autores foram bem sucedidos em escrever algo novo e interessante. A segunda parte do livro conta com perfis de value investors famosos.


The Most Important Thing: Uncommon Sense for the Thoughtful Investor (Columbia Business School Publishing)

Obra de Howard Marks, fundador da Oaktree, uma das maiores casas de distressed debt do mundo. Marks, que é um value investor atuante no mercado de dívida, é um ótimo escritor, muito perspicaz. Seu livro é uma ótima leitura: além do conteúdo é também gostoso de se ler.


You Can Be a Stock Market Genius: Uncover the Secret Hiding Places of Stock Market Profits

Apesar do título heterodoxo (na falta de uma palavra melhor), o primeiro livro do Joel Greenblatt é um bom livro. Greenblatt que é professor de Value Investing da Universidade de Columbia, berço da disciplina, é o fundador da Gotham Capital,   cujo histórico no período em que Greenblatt geriu dinheiro de terceiros é impressionante - algo como 50% ao ano entre 1985 e 1995 (tabela ao final do livro). Greenblatt também é o autor de outros livros mas esse aqui é o que prefiro. O livro fala sobre oportunidades como spin-offs, stubs e ilustra seus pontos com estudos de caso. É um livro que será melhor aproveitado por aqueles já com experiência como investidor.

 

Julian Robertson: A Tiger in the Land of Bulls and Bears

Auto-biografia do Julian Robertson,  fundador do hedge fund Tiger,  que junto com o Quantum do George Soros dividiam o posto de maiores hedge funds dos anos 80-90. Robertson ficou famoso por apostar contra as ações de tecnologia no final dos anos 90 –as perdas que se seguiram acabaram gerando uma onda de resgates que o forçaram a encerrar seu fundo. Apesar de ter devolvido o dinheiro dos clientes, Robertson continuou apostando contra as empresas de tecnologia com seu próprio dinheiro sendo recompensado nos anos de 2000 e 2001, período em que o Nasdaq caiu 70%. Robertson também teve um ano de 2008 muito bom, quando estava vendido em hipotecas subprime.


Moneyball: The Art of Winning an Unfair Game

Seth Klarman afirmou, em uma entrevista para Jason Zweig em 2010, que Moneyball, escrito por Michael Lewis, apesar de falar de Baseball, é um livro sobre Value Investing. Concordo plenamente! E um ótimo livro, por sinal. Aliás, Michael Lewis é um senhor escritor. Recomendo qualquer coisa que ele tenha escrito. Liar's Poker (Norton Paperback), por exemplo, sobre a passagem dele na Salomon Brothers nos anos 80, e The Big Short: Inside the Doomsday Machine , sobre eventos relacionados a crise de 2008, também são excelentes.

 

 

Livros sobre negócios, finanças, economia e outros:

 

The Black Swan: Second Edition: The Impact of the Highly Improbable: With a new section: "On Robustness and Fragility" (Incerto)

Segundo dos dois fantásticos livros do Nassin Taleb, filósofo, trader, empiricista, etc. O livro realmente mudou o pensamento de finanças e gestão de portfolio ao introduzir o conceito do Black Swan (Cisne Negro), que representa eventos improváveis, imprevisíveis e de altíssimo impacto. Taleb adora falar sobre o impacto da sorte em nossas vidas e sobre como nossa intuição sobre eventos improváveis é muitas vezes falha. O conceito de montar portfolio convexos para tentar se proteger ou mesmo se beneficiar do improvável também é bem explorado pelo autor. O livro anterior do Taleb, Fooled by Randomness: The Hidden Role of Chance in Life and in the Markets (Incerto) também é muito interessante.


When Genius Failed: The Rise and Fall of Long-Term Capital Management

Roger Lowenstein fez um trabalho brilhante ao recontar a épica história do fracasso do Long Term Capital Management (LTCM) , um dos maiores hedge funds dos anos 90 que, além de boa parte da renomada equipe de arbitragem oriunda do Salomon Brothers, contava ainda com dois prêmios Nobel entre seus diretores (Robert Merton e Myron Scholes).


The New Financial Capitalists: Kohlberg Kravis Roberts and the Creation of Corporate Value

Livro conta a estória de Henry Kravis e George Roberts, que em 1976, junto com Jerome Kholberg, fundaram a KKR. Kravis e Roberts começaram a fazer seus leveraged buyouts (LBO) quando trabalhavam no Bear Stearns - numa época em que o nome LBO nem existia. Hoje, gerindo mais de $ 75 bilhões, a KKR é uma das maiores firmas de ativos alternativos que existe.


The Alchemy of Finance

Clássico onde George Soros explica sua filosofia de investimento e sua Teoria da Reflexividade. É um livro conhecido por ser de difícil leitura, mesmo para profissionais. Soros não tem nada de value investor -  ele é na verdade um dos especuladores mais bem sucedidos da história. Sua habilidade de identificar tendências macro e surfar seus ganhos até o limite é impressionante. Soros ficou mundialmente famoso em 1992, quando ganhou $ 1 bilhão em um dia apostando na desvalorização da libra inglesa. Soros fez muito mais que isso: seu histórico como gestor do Quantum, seu hedge fund, tendo rendido 20% em quatro décadas é simplesmente sensacional. Nos primeiros dez anos, quando o fundo era menor, retornos eram perto de 40% ao ano!  O prefácio é escrito, apropriadamente, por Paul Tudor Jones II, que é, seguramente, um dos melhores traders da história.



Soros: The Life, Ideas, and Impact of the World's Most Influential Investor
Ótima biografia sobre George Soros. O livro, que se baseia em relatos de vários amigos e ex-empregados de Soros, cobre desde detalhes da performance do Quantum Fund até informações sobre o estilo de vida e a personalidade de Soros. No livro, Druckenmiller, excepcional gestor de fundos que trabalhou por vários anos com Soros, descreve o caminho para os altos retornos  de Soros como "preservação de capital e home runs". Ao contrário da maioria, Soros usava os períodos em que estava indo bem (20-30% de alta),  para perseguir retornos espetaculares (+100%). Aliás, as passagens de Druckenmiller descrevendo as coisas que aprendeu com Soros são muito boas.

 

This Time Is Different: Eight Centuries of Financial Folly

O livro escrito por Carmen Reinhart e Kenneth Rogoff reconta oitocentos anos da história financeira. Nele os autores mostram o histórico de defaults recorrentes da várias nações importantes e os temas comuns em várias dessas situações difíceis. O fato de estarmos vivendo num período de poucos defaults soberanos pode ser enganoso – já tivemos períodos assim no passado, que foram, infelizmente, sucedidos por defaults simultâneos em várias nações (desenvolvidas ou não).


Active Portfolio Management: A Quantitative Approach for Producing Superior Returns and Controlling Risk

Escrito por Richard Grinold, esse livro foi pioneiro em mostrar uma abordagem quantitativa e sistematizada para a gestão ativa. Os conceitos de alfa, risco específico, information ratio foram todos expostos com propriedade. A maneira de abordar e controlar a exposição ao risco ativo, o risco que é tomado em relação ao benchmark de performance, foi colocada de forma muito elegante. Exige um pouco de matemática, mas não em demasia. É um livro fantástico!


Options, Futures, and Other Derivatives (9th Edition)

Esse livro do John Hull é o livro para quem realmente quer entender opções financeiras. Tem um bom equilíbrio entre didática, exemplos e matemática (que, quando fica mais difícil, parar nos anexos). Depois de passar pelas propriedades básicas dos tipos básicos de derivativos, o livro cobre o modelo binomial, finanças do tempo contínuo (lema de Itô), chegando na dedução do modelo de Black & Scholes. Tem ainda capítulos sobre VAR, sobre como estimar volatilidades, risco de crédito e até sobre opções reais. É a bíblia das opções nas mesas de trading. 


Principles of Econometrics

Para aqueles que quiserem ou necessitarem de um pouco de econometria em suas vidas, esse é um ótimo livro para começar. Tem um tratamento bem feito dos diversos temas, explicando os conceitos principais com cuidado e deixando a matemática mais pesada nos apêndices, que também são muito bem escritos. Por incrível que pareça para um livro de economtria, sua leitura é bastante agradável.

 

Sam Walton: Made In America

Auto-biografia do criador de uma das empresas mais bem sucedidas da história do capitalismo. Os Walton, ainda hoje, formam a família mais rica do mundo. Pelos números da Forbes de 2012, as famílias dos quatro filhos de Sam Walton somariam um patrimônio de $ 95 bilhões – versus os $ 69 bilhões de Carlos Slim, homem mais rico do mundo segundo a Forbes.   A jornada de Sam Walton, de pessoa comum, morando no interior dos EUA,  ao posto de homem mais rico do mundo é simplesmente extraordinária. Apesar de não ser um investidor, mas sim um empreendedor, seus valores de meritocracia, austeridade, foco absoluto são muito parecidos com os encontrados em vários value investors de renome. Assim como Buffett, ficou famoso por vários de seus hábitos simples, por morar numa casa relativamente normal e por dirigir seu próprio carro, uma velha caminhonete.

 

Titan: The Life of John D. Rockefeller, Sr.

Biografia que reconta a história de John D. Rockefeller, fundador da Standard Oil, homem mais rico de sua época e um dos mais ricos de todos os tempos. Sua história se confunde com a do início da própria indústria do petróleo, tornando a leitura ainda mais proveitosa. Viveu em uma época onde as regras do sistema capitalista ainda estavam em plena formação, quando grandes fortunas foram formadas (Vanderbilt, Carnegie, Morgan etc).

John D. foi um grande homem de negócios, investidor e percebeu rapidamente a importância de um sistema de contabilidade e gerencial forte para poder controlar seus negócios. Um dos grandes nomes da filantropia mundial, ainda hoje a família Rockefeller prospera em grande medida nas bases deixadas por seu fundador. Para os interessados na indústria de petróleo, esse livro é muito legal de ser lido em conjunto com o livro The Prize, do Daniel Yergin.   


The House of Morgan: An American Banking Dynasty and the Rise of Modern Finance

Ganhador do National Book Award de 1990 para não-ficção e considerado um dos 100 melhores títulos do gênero no século XX, este livro é uma verdadeira aula de história. Passando por 150 anos, Ron Chernow ( mesmo autor de Titan ) nos leva ao início da Dinastia Morgan, que se confunde com o início das finanças modernas e do investment banking, até a década de 90. Um minucioso trabalho que tem como pano de fundo as crises econômicas que abalaram o mundo, guerras mundiais, política, diplomacia , e de como o mundo das finanças foi sendo lapidado pela história.

O livro se divide em Eras. É fascinante conhecer a saga que teve início com Junius Morgan ( o primeiro Morgan proeminente ),  um banqueiro pragmático e conservador, sucedido por seu filho J Pierpont Morgan que levou a Casa dos Morgan a patamares inimagináveis. Em uma época em que era possível a um só homem resgatar os Estados Unidos de crises financeiras e de salvar o padrão-ouro. 

Envolta de poder e mistério, a Casa dos Morgan foi o berço de uma cultura e de diversos talentos, e foi personagem central em acontecimentos que moldaram o mundo.

Definitivamente vale a leitura !


Investment under Uncertainty

Considerado a "Bíblia de Opções Reais", o livro é muito bem escrito. Apesar da matemática ir ganhando peso com o passar dos capítulos, Dixit e Pindyck fizeram um  esforço para tornar o processo o mais suave possível. Ainda assim, é necessário um conhecimento decente de Cálculo. Ao final do livro, após terem coberto os temas tradicionais de análise de investimento, aplicações para as indústrias de petróleo,  cobre, etc, os autores descrevem aplicações de opções reais para questões como mudança climática, estratégia, análise de indústrias e mais. Mostram claramente como a ideia clássica de que os preços não deveriam ir abaixo do custo marginal de produção está equivocada. O livro é um verdadeiro marco na disciplina! 


Game Theory for Applied Economists

Ótimo livro sobre Teoria dos Jogos aplicada à economia. Robert Gibbons fez um belo trabalho para construir uma exposição com substância, mas ainda assim bastante agradável. Familiaridade com matemática é um importante, mas o autor não exagera no formalismo. Gibbons começa tratando os casos mais simples (jogos estáticos com informação completa) e evolui até jogos dinâmicos de informação incompleta. Belo livro para quem já viu uma coisa ou outra de Teoria dos Jogos e gostaria de realmente evoluir no tema.


Diplomacy (Touchstone Book)

Obra fantástica de Henry Kissinger, brilhante ex Secretário de Estado americano, sumarizando 300 anos de diplomacia ocidental. Peça importante para se entender o mundo em que vivemos. A parte em que ele descreve o balance of power europeu é uma de minhas prediletas. Na Guerra do  Vietnã, ele foi um dos player decisivos! 



The Signal and the Noise: Why So Many Predictions Fail--but Some Don't

Com viés fortemente quantitativo, Nate Silver se tornou uma celebridade nos EUA por sua capacidade de prever disputas eleitorais, desde voto popular, passando pelos colégios eleitorais, primárias, disputas pelo senado, câmara etc. Antes de ingressar no mundo das previsões políticas, Nate Silver era um sabermetrician, especialista em técnicas estatísticas aplicadas ao jogo do baseball. O livro é muito bom!


The Quants: How a New Breed of Math Whizzes Conquered Wall Street and Nearly Destroyed It
Esse livro de Scott Patterson conta a história dos Quants em Wall Street, começando com Ed Thorp, passando por Jim Simons até chegar na crise de 2008. Além de contar o desenvolvimento histórico da profissão, o livro é cheio de detalhes sobre a vida e a personalidade de vários dos principais participantes. Ótima leitura!


The House of Rothschild: Volume 1: Money's Prophets: 1798-1848

The House of Rothschild: Volume 2: The World's Banker: 1849-1999

Com dois volumes e pouco mais de 1.200 páginas, Niall Ferguson escreveu o que o NYT chamou de a biografia definitiva dos Rothschild. O livro cobre dois séculos da história da familia, começando com Mayer Amschel no gueto judeu em Frankfurt e, com a acumulação de capital,  se espalhando pelo continente, principalmente após a ida de Nathan para Londres, James para Paris - os dois grandes expoentes da segunda geração. A forma como a família se organizou e prosperou ao longo das gerações é muito interessante. O livro  cobre ainda em detalhes a história do continente europeu, especialmente suas guerras, que foram muitas no período, com destaque para as Guerras Napoleónicas e as duas Grandes Guerras Mundiais.  Boa e longa leitura!


The Sports Gene: Inside the Science of Extraordinary Athletic Performance

Livro fantástico sobre genética nos esportes. Rebate um pouco a ideia das 10,000 horas, popularizada por Malcom Gladwell no livro Outliers (que também é ótimo), mostrando a importância da genética no esporte de alta performance.  O autor, David Epstein, fez um ótimo trabalho, abordando temas como os corredores Jamaicanos, os Quenianos, salto em altura, NBA, natação e por aí vai. Quem gostou de Outliers seguramente vai gostar desse aqui. Muito interessante!


Flash Boys: A Wall Street Revolt

Último livro do Michael Lewis, mestre da literatura financeira. Nesse livro, Michael Lewis explora o mundo do high-frequency trading e suas estórias fascinantes. Aqueles que operam no mercado americano, principalmente em small caps, onde é fácil perceber, sabem é quase impossível não ser alvo de front running o tempo inteiro no mercado americano. A resposta de como isso acontece está nesse surpreendente livro!


Stress Test: Reflections on Financial Crises

Ótimo livro do Tim Geithner (ex Presidente do Fed de NY e ex Secretário do Tesouro) sobre sua carreira no serviço público, especialmente a crise de 2008. Geithner foi uma das grandes figuras durante a crise de 2008 e relata os episódios de um ponto de vista muito privilegiado. No livro, que é bestseller no NYT, Washington Post, etc, é possível ver claramente as divisões dentro do governo americano e ver como algumas de suas engrenagens funcionam. Ah, o livro foi muito bem recomendado por ninguém menos que Michael Lewis, Henry Kissinger, Bill Gates e Warren Buffett!

 

There's Always Something to Do: The Peter Cundill Investment Approach

Livro muito gostoso de ler sobre o value investor canadense Peter Cundill. Cundill era um investidor estilo Ben Graham, só que uma versão global, perseguindo net-nets por vários cantos do planeta. Gostava de carregar posições substanciais de caixa, que não o impediram de dar 15% ao ano ao longo de 33 anos. O livro é cheio de estórias interessantes sobre teses de investimento, momentos delicados (especialmente quando ficou vendido em Japão) e sobre alguns de seus amigos como John Templeton (que era investidor em seus fundos), Prem Watsa, George Soros, etc. 


Risk Savvy: How to Make Good Decisions

Ótimo livro sobre como tomar decisões em situações de incerteza (e não simplesmente risco). É um livro que questiona boa parte da visão tradicional de Behavioral Finance. Gird Gigerenzer expõe de forma clara o valor de regras heurísticas, como é possível melhorar nosso entendimento de probabilidade condicional e muito mais. Ao longo do livro, o leitor acaba recebendo bastante informação sobre o valor de diferentes exames e procedimentos médicos, principalmente os relacionado ao câncer. Muito interessante!


The Outsiders: Eight Unconventional CEOs and Their Radically Rational Blueprint for Success

Livro de William Thorndike conta a estória de oito CEOs de alto sucesso e abordagem pouco convencional, um pouco na linha Warren Buffett. É um livro bacana, de leitura muito agradável. Dentre os CEOs estão Henry Singleton, Kay Graham, John Malone, Bill Stiritz, Tom Murphy e o próprio  Buffett.  


Fortune's Formula: The Untold Story of the Scientific Betting System That Beat the Casinos and Wall Street

Livro muito bacana do William Poundstone sobre a história de como ideias advindas dos jogadores de casinos e apostas, misturadas com Teoria da Informação, nasceram e floreceram. O livro conta em detalhe as carreiras de Claude Shannon, John Kelly e Edward Thorp, possivelmente as três figuras mais importantes nesse processo.


Superforecasting: The Art and Science of Prediction

Belo livro do Philip Tetlock e Dan Gardner sobre o projeto pioneiro que eles coordenaram com participação e verbas da comunidade de inteligência americana. A ideia foi montar um torneio em que os participantes tinham de fazer previsões probabilisticas com prazo definido sobre eventos econômicos, políticos e geopolíticos. No processo, eles acabaram descobrindo consistência ao longo do tempo no grupo dos melhores previsores (superforecasters), o que tornou a estória ainda mais interessante. Por exemplo, o que faz dessas pessoas melhores previsores? No livro, os autores oferecem respostas para essa pergunta e muitas outras.  É um trabalho pioneiro e muito interessante! 


Bernard Baruch: The Adventures of a Wall Street Legend

James Grant é o autor dessa interessante biografia sobre Bernard Baruch, personagem importante da estória do mercado de capitais americano e sobre o qual há relatimente pouca coisa escrita. Na primeira metade de sua vida, Baruch foi um dos mais importantes investidores do mercado de ações americano. Na segunda, se transformou um peça fundamental da engrenagem política americana, conselheiro de vários presidentes, dando contribuições notáveis nas duas grandes guerras mundias. 



Macroeconomia
Aos interessados em expandir seus conhecimentos de macroeconomia, aí vão três sugestões, por ordem de dificuldade. A primeira é  livro Macroeconomics (8th Edition) de Abel, Bernanke, Croushore que é cheio de gráficos, fácil de ler e cobre bastante coisa em nível introdutório. A segunda, mais avançada, é o livro do David Romer, Advanced Macroeconomics (The Mcgraw-Hill Series in Economics) que, fazendo uso de Cálculo,  parte do modelo de Solow e segue em direção a modelos mais sofisticados de crescimento econômico. Para quem estiver procurando entender os Novos Modelos Keynesianos, que é um assunto mais próximo da fronteira do conhecimento econômico atual e que, diga-se de passagem, não é um tópico fácil, minha sugestão é o Monetary Policy, Inflation, and the Business Cycle: An Introduction to the New Keynesian Framework and Its Applications, Second edition  de Jordi Galí. Escrito de forma clara e concisa por um dos grandes estudiosos do assunto, o livro é muito bom, relativamente acessível dentro do espectro que conheço. Ainda assim, de tempos em tempos, exige que você saque sua caneta e calcule algumas coisas, como, por exemplo, pequenos problemas de otimização. 


Capital in the Twenty-First Century

 Trata-se, possivelmente, do livro de economia mais badalado das últimas décadas. É um bom livro, com vários pontos interessantes. Vale a leitura! Já vi algumas revisões abordando as polêmicas recomendações dos capítulos finais, onde Thomas Piketty defende taxação sobre o capital e rendas elevadas. Não faz sentido escrever muito mais sobre isso. Talvez só lembrar que o capital pode não ter liquidez, caso em que a taxação anual elevada pode gerar todo tipo de problema para o empreendedor tocando o negócio, e também destacar a possibilidade de taxar herança de forma importante, deixando o empreendedor construir seu negócio ao longo da vida, com o Estado nivelando melhor o jogo para a geração seguinte.

 

O ponto que não vi ser tão criticado é um dos pilares da tese do autor de que o rendimento do capital aumenta à medida que o capital aumenta. Em outras palavras: quanto mais capital você tem, maior o rendimento você deveria conseguir obter dele. Piketty cita o exemplo dos Endowments americanos, onde esse fenômeno foi observado nas últimas décadas, vide Harvard e Yale (vale lembrar que o modelo Yale, bastante apoiado em private equity, faz uso considerável de alavancagem).  

 

Até concordo que, em se tratando de quantias relativamente modestas, isso possa ser verdade. Mais dinheiro permite aplicações em fundos com taxas de administração menores, redução nas taxas de corretagem e acesso a fundos de private equity, não disponíveis ao pequeno investidor. Porém, quando falamos de grandes volumes, em minha visão, não há como essa tese possa se sustentar. Pode haver anomalias aqui e ali, períodos e mercados onde isso não é verdade, mas é altamente improvável que essa tese possa ser válida de forma geral. Por melhor que seja a equipe que um fundo de $ 500 bilhões possa contratar, a redução do seu universo de atuação (limitado a super large caps, títulos de dívida de super large caps e do governo, grandes imóveis  e empresas fechadas de tamanho considerável) é tão dramática que é dificílimo manter taxas de retorno elevadas. Não é a toa que fundos fecham para captação. Também sabemos do efeito small vs big nos mercados de ações e da existência do prêmio de liquidez nos mais variados tipos de mercado. Piketty passa por cima desses fatos conhecidos na literatura de finanças. Caindo esse pilar, o resto do argumento, de que as grandes fortunas crescerão sem limites, se torna bem menos assustador...




Lista de livros sugerida por Charlie Munger : São biografias, auto-biografias, e temas que o Munger adora, como Psicologia, Genética e Finanças. Algumas das dicas abaixo já estão na lista de livros do Valor Intrínseco e/ou nos documentários sob o mesmo título :


Deep Simplicity : Bringing Order to Chaos and Complexity  ( John Gribbin )

FIASCO : The inside Story of a Wall Street trader ( Frank Partnoy )

Ice Age : The Theory that Came In from the Cold (John & Mary Gribbin )

How The Scots Invented the Modern World : The True Story of How Western Europe's Poorest Nation Created Our World & Everything in It

( Arthur Herman )

Models Of My Life ( Herbert Simon )

A Matter of Degrees : What Temperature Reveals about the Past and Future of Our Species, Planet, and Universe ( Gino Segre )

Andrew Carnegie ( Joseph Frazier Wall )

Guns Germs and Steel : The Fates of Human Societies ( Jared M. Diamond )

The Third Chipanzee: The Evolution and Future of the Human Animal ( Jared M. Diamond )

Influence : The Psychology of Persuasion ( Cialdini )

The Autobiography of Benjamin Franklin 

Living Within Limits : Ecology, Economics, and Population Taboos ( Garret Hardin )

The Selfish Gene ( Richard Dawkins )

Titan : The Life of John D. Rockefeller ( Ron Chernow )

The Wealth and Poverty of Nations: Why Some Are So Rich and Some Are So Poor (David Landes )

The Warren Buffett Portfolio: Mastering The Power of the Focus Investment Strategy (Robert Hagstrom )

Genome : The Autobiography of a Species in 23 Chapters (Matt Ridley )

Getting To Yes : Negotiating Agreement Without Giving In ( Roger Fisher )

Three Scientists and their Gods : Looking for Meaning in an Age of Information ( Robert Wright )

Only the Paranoid Survive : How to Exploit the Crisis Points That Challenge Every Company ( Andy Grove )